:: Portal do Sindicato dos Empregados no Comércio de Uberlândia e Araguari - SECUA ::

 

 
 
.
 

 

Mais lucro para os bancos, mais doenças para os trabalhadores

Uma verdadeira epidemia vem afetando os trabalhadores do sistema financeiro em todo o Brasil. São os casos de Lesão por Esforça Repetitivo (LER) e de transtornos mentais ligados ao trabalho.

Mais lucro para os bancos, mais doenças para os trabalhadores

Uma verdadeira epidemia vem afetando os trabalhadores do sistema financeiro em todo o Brasil. São os casos de Lesão por Esforça Repetitivo (LER) e de transtornos mentais ligados ao trabalho.
PUBLICIDADE

Enquanto isso, os bancos seguem batendo recordes de lucros.

O total de bancários afastados por doença cresceu 30% entre 2009 e 2017. Pelo menos metade desses casos foram decorrentes de transtornos mentais e comportamentais, que cresceram 61,5%.

As enfermidades relacionadas ao esforço repetitivo aumentaram 13%.

O levantamento foi feito com dados do INSS, obtidos pelo Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região.

Segundo o secretário de Saúde do Sindicato dos Bancários, Carlos Damarindo, a sobrecarga de trabalho, a pressão para o cumprimento de metas abusivas e assédio moral são os principais fatores que levam ao adoecimento dos trabalhadores.

“Tudo isso objetivando o aumento da lucratividade cada vez maior das instituições financeiras, o que só favorece os acionistas e diretores executivos dos bancos, em detrimento da saúde de milhares de trabalhadores.” Completou.

Escrito por: Esmael Morais